ACONTECE

Loading...

Mensagem

segunda-feira, 7 de março de 2011

ADJUNTO ADNOMINAL E ADJUNTO ADVERBIAL - 8 º ano

 


ACOMPANHE O ADJUNTO ADVERBIAL NO TEXTO ABAIXO:

O adjunto adverbial indica uma circunstância e é associado ao verbo, ao adjetivo ou ao advérbio. É responsável por modificar ou intensificar o sentido de um adjetivo, advérbio e do verbo.

Exemplos: Hoje é o dia da árvore. (“Hoje” indica tempo)
                Cantamos muito para você. (“muito” intensifica o verbo “cantamos”)
                Estavam muito  bonitas para a festa. (“muito” intensifica o adjetivo “bonitas”)
                Dormimos muito bem esta noite. (“muito” intensifica o advérbio “bem”)

Em todas as orações acima, o termo “muito” é um adjunto adverbial de intensidade. Já na primeira oração, o termo “hoje” é adjunto adverbial de tempo.

Agora, observe este exemplo:

Hoje fui de ônibus para minha casa.

Vemos que hoje é um indicativo de tempo, de ônibus um indicativo de meio (o meio pelo qual fui) e minha casa um indicativo de lugar.
Portanto, podemos dizer que hoje é um adjunto adverbial de tempo, de ônibus um adjunto adverbial de meio e minha casa um adjunto adverbial de lugar.

Logo, observamos que o adjunto adverbial pode ser determinado por um advérbio:

Ele decidiu falar demais.

Por uma locução adverbial:

Ele colocou o livro na sala.

Por uma oração:

Quando o sol aparecer, vou caminhar.

É importante que o aluno verifique o contexto no qual o adjunto adverbial está inserido para que não haja dúvidas quanto à classificação do mesmo.

Exemplo: Estou morrendo de fome.

Observe que “de fome” é a causa pela qual “estou morrendo”, mas pode ser confundido com o modo pelo qual estou morrendo. Trata-se de um adjunto adverbial de causa e não de modo.



Fonte: http://www.mundoeducacao.com.br/gramatica/adjunto-adverbial.htm

Um comentário:

  1. Aqui só tem adjunto adverbial !!?
    Gostei da matéria mas, precisava de adjunto adnominal :(

    ResponderExcluir